Observatório da Qualidade no Audiovisual

Click

Click é um programa do canal fechado Gloob, que teve sua estreia em 29 de outubro de 2012 e está em exibição até os dias de hoje. Os episódios do programa possuem cerca de 13 minutos de duração e ensinam aos telespectadores como usar a imaginação para transformar simples objetos em novas ferramentas de brincar. O programa segue a vida de Daniel, um jovem super criativo que em seu apartamento, utiliza várias coisas para criar novas brincadeiras e passar o seu tempo. Click já está na sua 3ª temporada e possui 39 episódios lançados. A trama é produzida pela empresa Na Laje Filmes, escrita por Maurício Guilherme e Daniel Warren e dirigida por Fausto Noro. Sua exibição é nas segundas-feiras, às 18h45 da tarde, com reprises de segunda a sexta-feira, às 12h30. A série também é transmitida em Portugal desde 2017, pelo canal Sociedade Independente de Comunicação (SIC)

A série conta com cinco personagens, todos interpretados por Daniel Warren. O principal é Daniel, um professor super criativo, que inventa inúmeras formas de expressar suas habilidades artísticas. Walter, o síndico do prédio que não gosta de perturbações e sempre implica com Daniel, Dona Feitosa, uma senhora cozinheira que leva comidas para Daniel, Zé Tom, um músico que mora em cima da casa de Daniel, Fabian, um mágico com seu coelho Fernando, Xerlocão, um cachorro que aparece recorrentemente na série e que possui uma câmera em sua coleira para registrar suas aventuras e a misteriosa moça-do-fusca-rosa, a grande paixão de Daniel, mas que nunca é mostrado seu rosto.

As músicas utilizadas no programa geralmente são instrumentais, complementando o espaço vago enquanto Daniel ensina o telespectador a montar a arte. O figurino do personagem se baseia em roupas normais e bem coloridas e seu avental, onde são colocados os objetos que ele usa para fazer suas artes. A linguagem utilizada pelos personagens é bem simples, de modo que fica fácil o entendimento para as crianças. Daniel sempre incentiva os telespectadores a fazerem sua arte com o auxílio dos pais, seja para cortar determinados materiais ou para conseguir alguns objetos que não estão de fácil acesso às crianças. A série também explica para seus telespectadores infantis, palavras que ainda não são comuns em seus vocabulários, expandindo a linguagem das crianças. Como no caso do episódio em que Daniel explica para seus espectadores o que significado da palavra “arruaça”, palavra esta usada por Sr. Walter em um de seus diálogos com Daniel.

Click incentiva também a imaginação infantil, falando para as crianças sempre imaginarem primeiro os objetos artísticos que serão feitos, para depois realizá-los e reproduzir a ideia de que tudo pode se transformar em algo completamente diferente como, por exemplo, no episódio em que Daniel leva uma pedrada misteriosa e transforma essa pedra em um carrinho pintado. Há também o incentivo para as crianças olharem o mundo de forma diferente, frase que ele reforça em todo início de episódio. “Porque tudo pode ter um interesse especial, é só a gente tentar ver as coisas com um olhar diferente, com um pouco de curiosidade e com alguma criatividade, daí CLICK, você vai ver que todas as coisas da vida podem ter sua própria mágica!”.

A série não possui ordem cronológica linear, os episódios podem ser assistidos separadamente que não irão interferir na experiência do público. Os episódios apresentam começo, meio e fim, com suas histórias sendo completadas no final de cada narrativa. Ela se passa do ponto de vista principal de Daniel, mas abrindo brechas para que outros personagens conduzam alguns momentos da narrativa. A série não trata de pautas sociais, tendo suas histórias mais voltadas para pequenas situações cotidianas que podem aguçar o imaginário e se tornar uma forma artística.

O conflito no programa acontece entre Daniel e Sr. Walter, o síndico do prédio que sempre implica com barulhos produzidos por Daniel em qualquer situação. Mas apesar das broncas tomadas, Daniel nunca desiste de seus objetivos e de suas façanhas, mesmo quando o Sr. Walter tenta estragá-las. Como, por exemplo, no segundo episódio da primeira temporada, quando Daniel tentava levar uma camiseta feita para sua amada e misteriosa Moça-do-Fusca-Cor-de-Rosa e durante o caminho tropeça e cai, derrubando uma lata de lixo. No mesmo instante Sr. Walter aparece e dá uma bronca em Daniel, alegando que o mesmo estava jogando futebol nos corredores e acusando-o de roubar uma de suas camisetas. Daniel tenta se explicar, mas para evitar mais confusões volta para seu apartamento e faz outra camiseta para sua amada, mas novamente não consegue encontrá-la.

A caracterização dos personagens reflete bem a personalidade de cada um. Enquanto Daniel possui suas vestimentas mais artísticas, como o macacão com utensílios de pintura, corte entre outros, Sr. Walter usa uma roupa que remete a um personagem velho, fazendo  alusão ao estereótipo de avó. O músico Zé Tom, vizinho de Daniel se veste como um hippie, lembrando muito o cantor brasileiro Raul Seixas. A caracterização de Dona Feitosa remete a uma avó, não só por suas roupas, mas seu jeito de falar manso e fofo. Como um mágico de circo, o personagem Fabian veste sempre roupas pretas e escuras, remetendo a sua profissão, com um sotaque francês. Fabian também possui a habilidade de aparecer e desaparecer quando quiser, como mágica, reforçando o imaginário infantil. Um dos grandes mistérios da série é sobre a identidade da Moça-do-Fusca-Cor-de-Rosa, que aparece em quase todos episódios, mas em todas as tentativas de Daniel chegar perto dela dão errado. A moça está sempre usando um vestido e um chapéu rosa em suas aparições.

A fotografia da série explora mais os ambientes fechados e bem coloridos, com bastante close nos personagens, principalmente nas mãos de Daniel quando produz suas obras, mostrando o passo-a-passo de cada invenção. A cenografia é bem simples, focando principalmente no apartamento 33 onde Daniel mora. O apartamento é bem amplo, com muitos objetos que ajudam Daniel a produzir as suas artes. Além da casa de Daniel, a casa dos outros personagens também aparecem na série. Porém, com menos frequência e com poucos minutos de duração de cena. Na segunda temporada o cenário recebe algumas modificações, o ambiente fica mais claro, com novos objetos e uma nova paginação.

Primeira temporada:

Segunda Temporada:

São utilizados recursos gráficos para ilustrar determinadas situações. No caso da ilustração abaixo, o recurso foi utilizado para dar vida à pesquisa que Daniel fazia no momento sobre os detetives da antiguidade, numa alusão ao site Google. Na ocasião, ele procurava e explicava sobre as aventuras de Sherlock Holmes, o famoso detetive britânico.

O programa conta com uma aba especial no site do canal Gloob, que disponibiliza alguns vídeos das artes ensinadas no programa.

O programa nasceu de um trabalho realizado por Daniel Warren, junto com seus amigos, o Click Oficinas, que leva oficinas artísticas para crianças de todo o país. Eles contam com uma página no Facebook onde os trabalhos realizados por eles e pelas crianças ficam em exposição.  O projeto recebeu o prêmio de Melhor Oficina 2009/2010 pela revista São Paulo Época.

Por Pedro Martins

Ficha Técnica:

  • Criadores: Mauricio Guilherme
  • Diretor: Fausto Noro
  • Exibição: 29 de Outubro de 2012 – presente
  • Temporadas: 3 temporada
  • Número de episódios: 39 episódios
  • Duração: 13 minutos

Observatório da Qualidade no Audiovisual

Comentar

Redes Sociais

Siga o #Observatório!