Observatório da Qualidade no Audiovisual

Remix

A partir da produção criativa, o #Observatório Remix pretende discutir uma habilidade relacionada à literacia midiática denominada remix literacy. Segundo Stedman (2012), a recombinação e a justaposição de distintos elementos pré-existentes para a criação de um novo conteúdo exige do interagente tal competência e abrange todo o processo de remixagem, desde a compreensão da arquitetura operacional das plataformas digitais até a efetivação da circulação dos conteúdos ressignificados.

Na tentativa de desconstruir e reconstruir conceitos socialmente constituídos, a série audiovisual faz uso da ressignificação de imagens como metáfora desse intuito. A partir da estética do videoclipe, recorremos ao arquivo para produzir narrativas desafiadoras que desejam desencadear o empoderamento, discutir pontos de convergência que unem diversos grupos sociais e ressaltar múltiplas formas identitárias. Na primeira temporada (2019) o tema foi empoderamento e foram produzidos três episódios sobre feminismo, LGBT e negritude e na segunda (outubro 2019) foram produzidos episódios a partir do tema da identidade.

Apoio

Parceiros