Observatório da Qualidade no Audiovisual

Competências Midiáticas

Um dos desafios enfrentados com as atuais mudanças sociotécnicas dos meios passa pela aquisição de competências midiáticas como requisito básico de cidadania. Nesse sentido, o indivíduo deve desenvolver capacidades para fazer uma leitura crítica e habilidades para se expressar criativamente por meio de mensagens midiáticas. Esta pesquisa buscou contribuir de maneira inovadora para o mapeamento de competências midiáticas e desenvolvimento de ações que as ampliem, enfocando diferentes públicos: estudantes, professores e comunicadores.

Foram aplicados 1831 questionários levantando informações a respeito das seguintes dimensões da competência midiática: linguagem, tecnologia, processos de produção e difusão, ideologia e valores, processos de interação e estética, cujos indicadores foram mensurados a partir dos âmbitos da análise e da expressão. Os resultados indicaram que a maior parte dos respondentes tem conhecimento tecnológico, porém ainda é necessário trabalhar as habilidades tanto de leitura crítica quanto de produção criativa. A pesquisa contribuiu ainda para o estudo e desenvolvimento de boas práticas visando a formação dos diferentes públicos estudados.

Este projeto está vinculado a Rede Alfamed, que propõe o fortalecimento desse campo de estudos no contexto brasileiro e promove a formação de pesquisadores envolvendo a graduação e a pós-graduação, além de favorecer a troca de experiências através da produção conjunta de conhecimento nessa área. A pesquisa foi desenvolvida pelas seguintes universidades: Universidade Federal de Juiz de Fora (coordenadora), Universidade Estadual de Ponta Grossa (vice-coordenadora), Universidade de Brasília, Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal do Triangulo Mineiro e Universidade de Sorocaba. E no âmbito internacional contou com a participação de países como Espanha, Portugal, Colômbia, Equador, México, Peru, Chile e Itália.

Redes Sociais

Siga o #Observatório!