Observatório da Qualidade no Audiovisual

Universitários: Ações de Formação

Mediabox

Projeto de formação de futuros profissionais por meio da prática da análise e crítica cultural. Os alunos da graduação e pós-graduação são colunistas que escrevem semanalmente estudos de caso que refletem de forma crítica as produções audiovisuais contemporâneas. Sob perspectivas teóricas de diferentes autores no campo da comunicação, os textos buscam compreender os novos modos de produção, circulação e participação presentes nas séries de TV, nos filmes, nos documentários e outros conteúdos audiovisuais.

O site funciona também como um repositório dos blogs produzidos pelos alunos das disciplinas ministradas na graduação e pós-graduação pela professora Gabriela Borges desde 2007.

#Observatório

O #Observatório é uma série audiovisual exclusiva para a web produzida pelo Observatório da Qualidade no Audiovisual. Até março de 2018 foram publicados sete vídeos, apresentando entrevistas com 15 pesquisadores do Brasil e do mundo, os quais já alcançaram 1570 visualizações totais através da página oficial do Observatório no Facebook. Foram discutidos temas ligados à convergência, competências midiáticas, qualidade do audiovisual, consumo e produção de conteúdo, cultura de fãs, cidadania e ética.

Podcast #Observatório

Este formato tem como objetivo produzir entrevistas com pesquisadores do Brasil e exterior sobre temas relevantes no campo da Comunicação. Disponibilizado para veiculação em rádios, serviços de streaming e redes sociais, o propósito principal é repercutir reflexões críticas e atuais do panorama midiático latinoamericano e suas especificidades, como, por exemplo, a relação entre mídia, consumo e educação. Com este projeto sobre narrativas seriadas ficcionais brasileiras, o podcast #Observatório busca ocupar novos espaços de reflexão.

Eventos

I Simpósio Internacional de Literacia Midiática

“A literacia midiática está relacionada com o processo de conhecer a linguagem midiática, saber interpretá-la e ser capaz de produzi-la”, definiu a pedagoga e professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Márcia Silva. Ela será uma das palestrantes sobre o tema no I Simpósio Internacional de Literacia Midiática, que acontece dos dias 8 a 12 de setembro na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Este é um tema importante para se discutir, especialmente no Brasil, em que ainda há pouca pesquisa nessa área, porque a literacia midiática é um direito ao exercício pleno da cidadania, se consideramos o contexto atual, em que a mídia é um dos pilares da economia material e simbólica da sociedade. Saber compreender e se expressar através de mensagens midiáticas não constitui apenas uma prática democrática, é também um campo de estudo que “ajuda a pensar sobre as relações humanas, sobre como convivemos e como a mídia (que é um produto humano) participa desse processo”, concluiu Silva.

O evento pretende dar início ao projeto Competências midiáticas em cenários brasileiros e euroamericanos, coordenado pela UFJF e que tem como parceiros as universidades UNB, UFSC, UEPG, UFF e UFTM e a Universidade de Huelva, na Espanha e promover a ALFAMED, rede de pesquisa que agrega pesquisadores da área da alfabetização midiática do Brasil, Portugal, Espanha, Itália, Colômbia, Venezuela, Equador, Argentina e Chile. Está integrado também no projeto de pesquisa Observatório da Qualidade no Audiovisual,  coordenado pela Professora Gabriela Borges e financiado pela Fapemig.

O evento conta com mesas de discussão sobre a literacia midiática na formação universitária, o papel da comunicação e das artes nesta área e os principais conceitos e práticas em mídia-educação, além do lançamento de livros sobre o tema. Também haverá os mini-cursos Comunicação e competências midiáticas na era digital, ministrado por Joan Ferrés Prats (Universidade Pompeu Fabra), e Comunicação e Educação Audiovisual, por José Ignacio Aguaded (Universidade de Huelva), com carga horária de 15 horas (1 crédito), os quais serão abertos ao público com inscrições limitadas.

A professora Gabriela Borges, especialista sobre o tema e organizadora do evento juntamente com as professoras Soraya Ferreira e Letícia Torres, afirma que “é essencial promover o debate sobre as dimensões da literacia midiática na cultura digital e apontar para o diálogo e a inter-relação entre as áreas da comunicação e da educação. Neste sentido, os estudos sobre este campo são, acima de tudo, interdisciplinares”. Segundo Soraya Ferreira, é ainda objetivo do simpósio estimular ações que visem à divulgação das dimensões crítica, ideológica, estética e instrumental do audiovisual e a expansão do debate sobre a literacia midiática na cidade de Juiz de Fora.

O I Simpósio Internacional de Literacia Midiática está associado a uma série de eventos que o PPGCOM/FACOM está promovendo no início do segundo semestre de 2014, entre eles as II Jornadas Internas do PPGCOM e o IV Compesq.

As II Jornadas Internas do PPGCOM buscam apresentar os resultados de pesquisa pelos mestrandos, tornando-se uma etapa preparatória para as defesas das dissertações. O IV COMPESQ, promovido pelo PET/FACOM, busca refletir sobre a pesquisa na área da Comunicação e seus desdobramentos, e tem caráter coletivo e integrador, sobretudo porque representa uma aproximação entre os bolsistas do Programa PET, a graduação e a pós-graduação.

Serviço: I Simpósio Internacional de Literacia Midiática

Data: 8 a 12 de setembro.

Local: Faculdade de Comunicação – Universidade Federal de Juiz de Fora

Inscrição: R$15,00 para graduandos, R$25,00 para pós-graduandos e R$50,00 para professores e profissionais.

Outras informações:

Site: http://simposioliteraciamidiatica.wordpress.com/

 

Colóquio Mediar: discutindo gênero

O evento Colóquio Mediar: Comunicação e Gênero tem por finalidade discutir os conteúdos midiáticos na atualidade convidando três profissionais de cada uma das respectivas áreas da comunicação: jornalismo, publicidade e audiovisual para um grupo focal.

Foram três dias de debate, um para cada grupo focal. O evento é realizado pelo projeto científico Competências Midiáticas Audiovisuais: o caso de Juiz de Fora.

 

II Simpósio de Literacia Midiática

O II Simpósio de Literacia Midiática começa nesta segunda-feira, 31, na Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Durante dois dias, o evento  discutirá a produção audiovisual fora do circuito comercial com representantes da sociedade civil, acadêmicos e profissionais que pensam novas formas de expressão e contribuem para o desenvolvimento das competências midiáticas dos cidadãos. As inscrições online estão abertas até esta sexta-feira, 28, e vale certificado. A programação completa está disponível na página do evento.

Organizado pelo projeto de pesquisa Observatório da Qualidade no Audiovisual, sob a coordenação da professora Gabriela Borges, o simpósio inclui em sua programação palestras e mesas de debate e reunirá convidados de renome. Um deles é o coletivo Mídia Ninja (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação), que é uma rede descentralizada de mídia e atua em mais de 150 cidades brasileiras. Conhecido pelo seu ativismo sociopolítico, O Mídia Ninja se coloca como uma alternativa à imprensa tradicional.

Outros coletivos que estarão no evento são o Intervozes e o Jornalistas Livres. O primeiro é composto por ativistas e profissionais com formação e atuação nas áreas de comunicação social, direito, arquitetura, artes, dentre outras, distribuídos em 16 estados brasileiros. A segunda organização soma diversos coletivos de mídia livre, artistas, jornalistas independentes, repórteres, editores, fotógrafos e cinegrafistas, empenhados em praticar um jornalismo que ajude a enfrentar o desrespeito aos direitos humanos e sociais no Brasil.

Outros destaques são a presença de Lalo Leal, apresentador do programa Ver TV, e de Ivana Bentes, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Também estarão presentes no simpósio representantes da Rede Interuniversitária Euroamericana de Investigação sobre Competências Midiáticas (Alfamed), que vão apresentar os primeiros resultados dos seus trabalhos. O evento faz parte da V Global MIL Week, iniciativa da Unesco que acontece entre 31 de outubro e 06 de novembro em diversos países para promover a mídia-educação.

De acordo com a professora Gabriela, essa discussão é muito pertinente pelo momento político que vivemos, pela necessidade do debate da democratização e  da regulação da comunicação, e também porque o Observatório se propõe a ser um espaço de diálogo sobre a produção do audiovisual contemporânea. “Nesse momento é muito importante trazermos pessoas que estão envolvidas com o debate da democratização da comunicação. Todos os nossos convidados têm essa preocupação de oferecer acesso a uma comunicação que seja mais plural, diversa e democrática.”

A professora Gabriela ressaltou, ainda, a importância da participação dos alunos. “Queremos que os alunos tenham a oportunidade de discutir esse tema sob a perspectiva da Literacia Midiática. Ou seja, como nós podemos promover uma educação que está pautada na leitura crítica das mídias por um lado e por outro na produção criativa de conteúdos inteligentes e de qualidade. Esperamos formar profissionais mais conscientes, que tenham um olhar crítico sobre essa produção hegemônica e que queiram produzir conteúdos que façam a diferença e agregue valor na vida das pessoas.”

Serviço: II Simpósio de Literacia Midiática
Data: 31 de outubro e 1º de novembro
Local: Faculdade de Comunicação – Universidade Federal de Juiz de Fora
Emissão de certificado impresso
Outras informações: https://www.facebook.com/observatoriodaqualidadeufjf/ e https://www.facebook.com/events/115065952298108/ 

 

II CICOM

O II Congresso Internacional sobre Competências Midiáticas acontecerá entre os dias 23 e 25 de outubro de 2017, na Faculdade de Comunicação da UFJF. Com o objetivo de promover o intercâmbio de informações sobre as Competências Midiáticas e os resultados encontrados no projeto conjunto que está sendo desenvolvido pela Rede Alfamed o congresso terá a presença de palestrantes do Brasil e do exterior.

 

III Simpósio de Literacia Midiática: Ficção Audiovisual: produção, circulação e consumo

A terceira edição do Simpósio de Literacia Midiática acontecerá no próximo dia 17, das 9h às 17h, na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora. O evento, organizado pelo Observatório da Qualidade no Audiovisual em parceria com o Entelas, irá refletir sobre os novos modos de produção, circulação e distribuição das narrativas ficcionais seriadas no ambiente da convergência. Entre os convidados estão Beth Carmona, do ComKids, Krishna Mahon, do canal no YouTube Imprensa Mahon, Alexia Maltner, assistente de direção de Malhação – Viva a Diferença (2017-2018, Rede Globo), e Henrique Sauer, diretor de teledramaturgia da Rede Globo. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do site http://bit.ly/inscricaosimposioliteracia.

 

Apoio

Parceiros